@Ler é um risco, arriscas-te?

Dias da Filosofia

Os alunos arriscaram e O lápis azul…. Voltou!

No ano letivo em que se assinalam os 50 anos do 25 Abril, o Dia Mundial da Filosofia, no Agrupamento de Escolas Lima- de-Faria, assinalou-se com uma panóplia de atividades. No polivalente, sob o olhar atento dos mochos, foi progressivamente construído o Mural da Censura Não Censurado, no qual, os alunos de filosofia dos 10.º e 11.º anos expuseram trabalhos, com ou sem censura, alertando para os seus perigos e para a importância da liberdade de expressão, dando corpo à “escultura” CensurArte. O ecrã do auditório, ao longo de toda a Semana da Filosofia, foi o palco da conceituada cineasta de curtas de animação, Regina Pessoa, natural de Cantanhede, que, com as suas fabulosas histórias de animação, e após a reflexão sobre os nossos receios e a diferença, culminou no Estendal dos Medos e no desafio “Se a minha vida fosse uma curta— Que curte!” que deu origem a desenhos (não animados) ao jeito do traço de Regina Pessoa. Os bilhetes de identidade filosóficos, espalhados em diferentes espaços, identificaram os suspeitos, alguns, alvos de tanta censura, ao longo dos tempos. Por fim, os espaços ComSabor e CensurArte associaram-se para a venda de doçaria filosófica (cujo montante reverterá para a Associação de Defesa e Apoio da Vida, de Coimbra), acompanhada das respetivas e originais receitas em que 100 g de crítica, misturadas com 200 g de antidogmatismo e qb de dúvidas moderadas, bem batidas, foram ao forno refletir…

Os que defendem a censura não estão preocupados com as notícias falsas. Estão preocupados com as verdadeiras. 

Partilhar em:
Visitas à página (Total): 420 - Visitas à página (Hoje): 1